O Messiense


FORBES LISTA 6 LÍDERES EVANGÉLICOS MILIONÁRIOS

Com fortuna de R$ 2 bilhões, Edir Macedo é o pastor evangélico mais rico do Brasil, diz revista

"Religião sempre foi um negócio lucrativo." Assim começa uma reportagem da revista americana "Forbes" sobre os milionários bispos fundadores das maiores igrejas evangélicas do Brasil.

A revista fez um ranking com os líderes mais ricos. No topo da lista, está o bispo Edir Macedo, que tem uma fortuna estimada em R$ 2 bilhões, segundo a revista.

Em seguida, vem Valdemiro Santiago, com R$ 400 milhões; Silas Malafaia, com R$ 300 milhões; R. R. Soares, com R$ 250 milhões; e Estevan Hernandes Filho e a bispa Sônia, com R$ 120 milhões juntos.

Edir Macedo, fundador e líder da Igreja Universal do Reino de Deus, além de ser o pastor mais rico do Brasil, possui templos até nos Estados e um jatinho particular, de modelo Bombardier Global Express XRS, estimado em R$ 90 milhões.

Macedo tem 10 milhões de livros vendidos, alguns deles extremamente críticos à Igreja Católica e a algumas religiões africanas.

Seu maior movimento aconteceu na década de 1980, quando adquiriu a rede Record, a segunda maior emissora do Brasil. Além disso, é dono do jornal "Folha Universal", que tem uma circulação de 2,5 milhões de exemplares, e da gravadora Record News.

Seguindo os passos de Macedo, Valdemiro Santiago é ex-pastor da Igreja Universal do Reino de Deus. Após se desentender com o chefe, ele fundou sua própria igreja: a Igreja Mundial do Poder de Deus, que tem 900 mil seguidores e mais de 4.000 templos, muitos deles adornados com imagens dele. Sua fortuna é estimada em R$ 400 milhões.

Silas Malafaia é líder da Assembleia de Deus, a maior igreja pentecostal brasileira. Entre os pastores, ele é o mais polêmico, e se envolve frequentemente em controvérsias com a comunidade gay do Brasil, já que declara ser o maior opositor ao casamento gay.

Ele também é uma figura proeminente no Twitter, onde possui mais de 440 mil seguidores.

Em 2011, Malafaia, cuja fortuna é estimada em R$ 300 milhões, lançou uma campanha a fim de arrecadar R$ 1 bilhão para a sua igreja, com o intuito de criar uma emissora de televisão global, que seria transmitida em 137 países. Os interessados podem contribuir com somas a partir de R$ 1.000, e em troca receberão um livro.

Já o cantor, compositor e televangelista Romildo Ribeiro Soares, conhecido como R. R. Soares, é possivelmente o mais multimídia entre os pastores brasileiros. Fundador da Igreja Internacional da Graça de Deus, R. R. Soares é uma das faces mais regulares da TV brasileira.

Ele também é ex-membro da Igreja Universal do Reino de Deus, além de ser cunhado de Macedo. Autointitulado "missionário", tem uma fortuna estimada em R$ 250 milhões. Seu jatinho particular, de modelo King Air 350, custa "apenas" R$ 10 milhões.

Fundadores da Renascer em Cristo, o "apóstolo" Estevam Hernandes Filho e sua mulher, a "bispa" Sônia, possuem mais de mil igrejas no Brasil e no exterior – várias delas na Flórida, nos Estados Unidos.

Com uma fortuna estimada em R$ 120 milhões, o casal foi manchete dos jornais internacionais em 2007,quando foram presos em Miami sob a acusação de levarem consigo mais de R$ 100 mil não–declarados. Algumas notas estavam escondidas em meio às páginas da Bíblia, segundo agentes norte-americanos.

Eles voltaram ao Brasil um ano depois, onde respondem por outros crimes, entre eles a queda do teto de um de seus templos, que deixou nove pessoas mortas em 2009.

Entre seus ex-fiéis mais conhecidos, está o jogador de futebol Kaká, que doou mais de R$ 2 milhões no período em que frequentou a igreja. Ele deixou a instituição após as denúncias de fraude envolvendo o casal Hernandes.

Ser um pastor evangélico no Brasil é o sonho de muitas pessoas, de acordo com a Forbes. Diferente de muitas igrejas protestantes, que requerem que seus pastores tenham uma graduação, as igrejas neopentecostais brasileiras oferecem cursos intensivos para "criar" pastores com um custo de R$ 700, para poucos dias de aula.

Não é apenas uma questão de dinheiro – Malafaia, por exemplo, chega a pagar salários de R$ 20 mil a seus pastores mais talentosos – mas também de poder, segundo a reportagem.

Muitos pastores brasileiros conseguiram passaportes diplomáticos nos últimos anos. Alguns, especialmente os mais ricos, são cortejados por políticos em época de eleições. Para finalizar, igrejas são isentas de impostos.

Fonte: www.uol.com.br.



Escrito por alcimarantonio às 01h05
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PATU

Santuário do Lima terá duas romarias neste domingo, 20

Neste domingo, 20 de janeiro, duas romarias acontecerão praticamente ao mesmo tempo no Santuário de Nossa Senhora dos Impossíveis, localizado na Serra do Lima, na zona rural de Patu.

Oriunda de Paulista, na Paraíba, a Romaria de São Sebastião trará fiéis cristãos-católicos daquele Município até Patu. As caravanas chegarão cedo em direção à Serra do Lima.

No mesmo dia, a partir das 8 horas da manhã, ciclistas de Patu, inclusive do grupo Patu Bike Turismo, e ciclistas de outros Municípios partirão da Praça do Povo, no Bairro da Estação, em Patu, em direção ao Santuário do Lima. Será a 1ª Romaria dos Ciclistas.

No Santuário, serão celebradas missas e haverá batizados.

A Romaria dos Ciclistas passará a compor o calendário anual de romarias do Santuário de Nossa Senhora dos Impossíveis, que tem garantido o crescimento do turismo religioso no Município de Patu.



Escrito por alcimarantonio às 17h28
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




DO XERIFE

Rio Grande do Norte receberá duas mil cisternas através do DNOCS

O estado do Rio Grande do Norte será contemplado com duas mil cisternas de polietileno, por meio do DNOCS (Departamento Nacional de Obras Contra Seca). Ao total, mais de dez mil pessoas serão beneficiadas com o reservatório, garantindo o acesso à água de qualidade. A iniciativa faz parte dos programas oficiais do governo para universalizar o acesso à água.

As cisternas de polietileno são produzidas pela Acqualimp, fornecedora oficial deste produto ao governo. Os reservatórios captam a água da chuva e permitem o armazenamento de 16 mil litros, garantindo condições para uma família de quatro a cinco pessoas se manter por até nove meses de estiagem, fato rotineiro no semiárido nordestino.

Das 60 mil cisternas, 26.228 mil serão destinadas ao estado do Ceará (25 cidades), 12 mil à Bahia (nove cidades), 10 mil serão entregues em Minas Gerais (19 cidades), 5.772 irão para Pernambuco (12 cidades), quatro mil chegarão à Paraíba (dez cidades) e duas mil no Rio Grande do Norte (duas cidades).

Fonte: www.robsonpiresxerife.com



Escrito por alcimarantonio às 17h06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




DIREITO E CIDADANIA

Tribunal de Justiça muda regras de destinação dos valores das penas pecuniárias

Quem é acusado de praticar delito de menor potencial ofensivo, nos termos da Lei Federal nº 9.099, de 26 de setembro de 1995, responderá a tal acusação perante uma unidade ou vara dos Juizados Especiais Criminais, que estão na estrutura do Poder Judiciário Estadual.

Por força da Lei Federal nº 10.259, de 12 de julho de 2001, foram também instituídos os Juizados Especiais Criminais Federais, que funcionam dentro da estrutura da Justiça Federal.

No Juizado Especial Criminal, seja o da Justiça Estadual, seja o da Justiça Federal, o acusado, ali chamado de autor do fato, pode realizar a chamada transação penal, que é um acordo entre o acusado e o Ministério Público.

E então, celebrada a transação penal, o acusado pagará um valor em dinheiro ou prestará serviços a alguma entidade assistencial ou educacional, de natureza filantrópica ou sem fins lucrativos, ou a algum órgão público que necessite de tais serviços.

No caso dos Juizados Especiais Criminais mantidos pela Justiça Estadual, que mais comumente recebem as demandas do dia-a-dia da atividade jurisdicional, os valores das chamadas penas pecuniárias tinham como destino, até 7 de dezembro de 2012, entidades assistenciais e educacionais que estavam previamente cadastradas em cada unidade ou vara do Juizado Especial.

A Pastoral da Criança (ligada à Igreja Católica, existente em praticamente todos os Municípios), escolas, centros de assistência a idosos e outras entidades do gênero eram diretamente beneficiadas pelos valores das penas pecuniárias.

Os valores pecuniários arrecadados em razão do agir dos Juizados Especiais algumas vezes também beneficiavam Delegacias de Polícia e até unidades do sistema penitenciário, como se deu em Patu no ano de 2012, quando recursos do Juizado Especial Criminal da Comarca permitiram que a direção do Centro de Detenção Provisória – CDP de Patu adquirisse para o órgão um computador e uma impressora, para uso na referida unidade prisional.

Todavia, através do Provimento nº 99, de 7 de dezembro de 2012, a Corregedoria Geral do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte mudou as regras para a destinação dos recursos oriundos da aplicação de penas pecuniárias nos Juizados Especiais Criminais de todo o Estado potiguar. E justificou a medida dizendo editá-la para adequação aos termos da Resolução nº 154, de 13 de julho de 2012, do Conselho Nacional de Justiça - CNJ.

Agora, de acordo com o artigo 1º do Provimento nº 99/2012, da Corregedoria Geral de Justiça do Rio Grande do Norte, os valores das penas pecuniárias serão depositados numa conta bancária, aberta por determinação do juiz de Direito competente, e a mencionada conta somente será movimentada por alvará judicial.

O artigo 2º, caput, do Provimento nº 99/2012, da Corregedoria Geral de Justiça, reza que: “Os valores depositados, referidos no artigo 1º, quando não destinados às vítimas ou aos seus dependentes, serão preferencialmente, destinados à entidade pública ou privada com finalidade social, previamente conveniada, ou para atividades de caráter essencial à segurança pública, educação e saúde, deste que estas atendam às áreas vitais de relevante cunho social, a critério da unidade gestora”.

Pela nova regra, os valores das penas pecuniárias deverão atender primeiramente as vítimas ou dependentes da vítima do ato ilícito que deu origem ao procedimento do Juizado Especial.

Caso não se destine ao atendimento da vítima ou seus dependentes, os valores das penas pecuniárias se destinarão a entidades públicas ou privadas, previamente conveniadas com o Juizado Especial respectivo.

O parágrafo unido do artigo 2º do Provimento nº 99/2012 ressalta que, para buscarem os recursos financeiros em exame, as entidades deverão se cadastrar junto ao Juizado Especial Criminal, sendo anual o referido cadastro.

Agora, a escolha da entidade que irá receber os recursos financeiros do Juizado Especial não pode ser arbitrariamente feita pelo juiz de Direito do Juizado Especial.

É que, segundo o artigo 3º do Provimento nº 99/2012 em comento, receberão tais recursos aquelas entidades que: “I – mantenham, por maior tempo, número expressivo de cumpridores de prestação de serviços à comunidade ou entidade pública; II – atuem diretamente na execução penal, assistência e ressocialização de apenados, assistência às vítimas de crimes e prevenção da criminalidade, incluídos os conselhos das comunidades; III – prestem serviços de maior relevância social; IV – apresentem projetos com viabilidade de implementação, segundo a utilidade e a necessidade, obedecendo-se aos critérios estabelecidos nas políticas específicas”.

Como se vê, para receberem ditos recursos financeiros, essas entidades, públicas ou privadas, devem apresentar, quando do cadastramento anual, projetos que justifiquem o eventual recebimento dos recursos.

O artigo 4º do Provimento nº 99/2012, da Corregedoria Geral do TJRN, estabelece que: “A concessão do benefício se dará após apresentação e análise de projeto apresentado pela entidade, que deverá conter: I – o valor total do projeto; II – a destinação da verba; III – a exposição da relevância social do projeto; IV – o período de duração do projeto”.

Isso, de certa forma, consistirá inicialmente numa dificuldade para as entidades que procurem receber os recursos financeiros oriundos das penas pecuniárias dos Juizados Especiais Criminais. Mas, com calma e seguindo o roteiro de elaboração trazido por um dos anexos do Provimento nº 99/2012, do TJRN, a elaboração do projeto será realizada com sucesso.

Em nenhum caso será permitido que os recursos das penas pecuniárias do Juizado Especial Criminal sejam destinados para custear despesas do Poder Judiciário; nem para a promoção pessoal de magistrados ou integrantes das entidades beneficiadas, nem para pagamento de quaisquer espécies de remuneração aos seus membros; nem para fins político-partidários; e, menos ainda, para entidades que não estejam regularmente constituídas. É o que determinada o artigo 5º do Provimento nº 99/2012.

Maiores informações podem ser obtidas nas Secretarias dos Juizados Especiais Criminais das Comarcas.



Escrito por alcimarantonio às 17h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MESSIAS TARGINO

Morreu mais uma filha de "Sorinho"

Faleceu nesta sexta-feira (18 de janeiro), por volta das 11 horas, em Messias Targino, Antonia Almeida, filha de Manoel Fernandes Jales, popularmente conhecido como "Soro" e "Sorinho".

Antonia sofria de Mal de Parkinson e outras doenças e já tinha idade avançada. Morava com a irmã Áurea Maria de Almeida e outros parentes próximos, no Sítio Junco de Cima, a poucos quilômetros da cidade de Messias Targino.

Antonia Almeida morava na casa que foi de seu pai, Manoel Fernandes Jales, e de sua mãe, Maria Cândida de Almeida.

Antonia não era casada e não deixou filhos biológicos, mas foi responsável, juntamente com sua irmã Áurea, pela criação e educação do sobrinho Novinho", filho de "Torrola", irmão de Antonia.

O sepultamento do corpo aconteceu neste sábado (19 de janeiro), no Cemitério Público de Messias Targino, após cerimônia religiosa na Capela de Nossa Senhora das Graças.

Antonia Almeida era parte da história de Messias Targino

Manoel Fernandes Jales, pai de Antonia Almeida, foi um colaboradores de Messias Targino da Cruz para a fundação do Junco, que no início era distrito de Patu mas depois foi emancipado, tornando-se o Município do Junco e, depois, Município de Messias Targino.

"Sorinho", juntamente com outros valorosos homens do Município, doou terras para a construção do Povoado do Junco, sendo também seguido neste exemplo por seu filho João Tomaz de Almeida.

Do casal Manoel Fernandes Jales e Maria Cândida de Almeida nasceram vários filhos, e muitos deles já faleceram.

Antes de Antonia Almeida, já haviam falecido João Tomaz de Almeida, Noêmia Maria de Almeida, Francisco Tomaz de Almeida ("Chico Tomaz"), Manoel Tomaz de Almeida e José Manoel de Almeida ("Zezinho de Soro").

Ainda vivem Sebastiana Almeida, Áurea Almeida, Valcides Manoel de Almeida ("Dedé de Soro") e "Torrola", este residente em Olho D´água do Borges e os demais em Messias Targino.

Por décadas, Antonia ajudou a sua irmã Áurea num pequeno restaurante que funcionava no Mercado Público Municipal.

Católicas fervorosas, as irmãs Noêmia Maria de Almeida, Áurea Maria de Almeida e Antonia Almeida tiveram enorme participação na vida religiosa do Município.

Mais jovens, as três irmãs eram exímias cantoras da Capela de Nossa Senhora das Graças e mantiveram, por décadas, a tradição de cantar o "Ofício de Nossa Senhora", ato religioso que acontecia geralmente aos sábados pela manhã bem cedo.



Escrito por alcimarantonio às 11h53
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




FUTEBOL

Depois da Copinha, vêm aí os campeonatos estaduais

Já foi iniciada a execução do complicado calendário oficial do futebol brasileiro. Nesse momento, tem andamento a Copa São Paulo de Futebol Júnior (a Copinha), competição para jogadores de até 19 anos de idade (até a data da inscrição no torneio), que atualmente reúne cem equipes, sendo a maioria de São Paulo e os demais representantes de todas as Unidades da Federação.

No próximo dia 19 de janeiro, serão iniciados os campeoantos estaduais de futebol, que costumam acirrar os clássicos mais conhecidos em cada Estado.

Quase que ao mesmo tempo, os principais clubes nordestinos se enfrentrarão em mais uma edição da Copa do Nordeste.

Logo mais também terá início a Copa do Brasil, cujo campeão terá vaga assegurada na Copa Libertadores da América, a maior e mais importante competição do futebol sul-americano, que por razões inexplicáveis também tem a participação de clubes do México, que são filiados à Concacaf (Confederação de Futebol da América Central e da América do Norte) e não à Conmebol (Conferederação de Futebol da América do Sul).

E tudo isso serve de preparação para a competição maior do futebol local, que se iniciará em maio, que é o Campeonato  Brasileiro.

Neste ano, dos e vinte e sete campeonatos regionais (os dos vinte e seis Estados e o do Distrito Federal), vinte receberão o patrocínio da Chevrolet.

E, em junho, o Brasil sediará a Copa das Confederações, realizada pela toda-poderosa Fifa.



Escrito por alcimarantonio às 00h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




DESRESPEITO AO CONSUMIDOR

Bradesco presta serviços precários em Municípios do Oeste do RN

Quando o Correio funcionava como banco postal representante do Banco Bradesco, este aumentou consideravelmente a quantidade de clientes em diversos Municípios da região Oeste do Rio Grande do Norte, principalmente naqueles que tinham apenas uma agência de outro banco, ou simplesmente não tinham qualquer agência bancária.

Impulsionado por este acréscimo de clientela nesta região especificamente, o Bradesco instalou terminais de autoatendimento em pratiicamente todos os Municípios da região e ainda instalou alguns postos de atendimento (subagências), como nos Municípios de Messias Targino, Olho D́água do Borges e Antonio Martins (os dois primeiros no Médio Oeste e o terceiro no Alto Oeste potiguar).

Todavia, desde 1º de janeiro de 2012 o Correio tem funcionado como banco postal representante do Banco do Brasil, que tem poucas agências físicas no interior do Rio Grande do Norte.

De lá para cá, quem é cliente do Banco Bradesco tem sofrido bastante para poder movimentar suas contas e realizar operações simples. É que, com muita frequência, os terminais de autoatendimento, mesmo os dos postos de atendimento (subagências), ficam fora do ar, sem funcionarem.

E então o que se vê é um corre-corre de clientes do banco buscando os serviços de terminais de autoatendimento do Bradesco de cidades vizinhas, pois na sua cidade de origem os caixas eletrônicos do Bradesco apresentam problemas técnicos.

Em Messias Targino, os poucos terminais de autoatendimento do Bradesco ficam fora do ar muitas vezes durante o dia, e às vezes até o dia inteiro, situação também comum a Patu e a outros Municípios da região Oeste do Rio Grande do Norte.

Uma primeira consequência disso foi que muitos clientes do Bradesco que recebiam seus proventos de aposentadoria e pensões através dele, resolveram mudar de banco, justamente pela precariedade na prestação dos serviços.

Nova gestão municipal já fala em mudar de banco para pagar servidores

A Prefeitura de Messsias Targino realiza o pagamento de seus servidores efetivos através do Banco Bradesco, inclusive porque o Município é um dos poucos do interior do Estado, de pequeno porte, que dispõem de um posto de atendimento, ou subagência, do Bradesco.

A cidade, que nos idos dos anos oitenta do século passado já contou com uma agência do Banco Bradesco, atualmente dispõe ainda de um terminal avançado do Banco do Brasil e de uma Casa Lotérica (que realiza diversos serviços da Caixa Econômica Federal), e tem a agência local do Correio como correspondente do Banco do Brasil.

Com a promessa do Banco do Brasil de que colocará outros terminais de autoatendimento em solo messiense (além daquele que já existe num comércio local), a nova administração municipal, do prefeito Arthur de Oliveira Targino (PMDB), já cogita a possibilidade de transferir para o BB toda a folha de pagamento dos servidores efetivos do Município.

A insatisfação com o Bradesco se dá justamente pela precariedade na prestação dos serviços e por uma reclamação constante dos servidores, que muitas vezes sabem que a remuneração mensal está na conta, mas não há como sacá-la, por inoperância do sistema.

Resta saber se o Bradesco tomará alguma providência para melhorar seus serviços, ou se realmente é propósito do Banco o de perder clientes na região.



Escrito por alcimarantonio às 00h10
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




DO BLOG DE MARCOS DANTAS

Eleição UERN: Gilton Sampaio e Lúcio Ney reúnem militância no sábado

Os pré-candidatos da oposição a reitor e vice na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Gilton Sampaio e Lúcio Ney, reúnem neste sábado (12), militantes e apoiadores para avaliar o processo pré-eleitoral e discutir a organização do grupo para a campanha que começa em fevereiro. O evento marcado para as 8h no hotel Sabino, em Mossoró, pretende direcionar o ritmo de trabalho dos professores e iniciar a discussão da carta-programa que conterá as principais propostas dos futuros candidatos.

Gilton Sampaio é diretor do Campus de Pau dos Ferros e Lúcio Ney é professor no curso de matemática do Campus Central. Eles já receberam apoio dos diretores dos campi de Patu e Assú e de outros diretores de Mossoró. Únicos com perfil de esquerda, os professores têm ainda a simpatia de uma militância forte e com história de lutas na Universidade.

Fonte: www.marcosdantas.com



Escrito por alcimarantonio às 22h06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




DIREITO E CIDADANIA

Morre o potiguar José Dantas, ministro aposentado do STJ
O Superior Tribunal de Justiça - STJ despediu-se definitivamente, neste sábado (5 de janeiro), de um de seus membros mais respeitados. José Fernandes Dantas faleceu na manhã deste sábado (5), em Brasília.

Ele deixou a esposa Cleomar Cavalcanti Dantas e os filhos José Filho, Gustavo, Vera Cecília e Fábio Henrique. O corpo de José Dantas foi velado no Salão de Recepções do STJ, localizado no 1º andar do Edifício dos Plenários, para depois ser cremado. 

José Dantas nasceu em Pau dos Ferros, no Rio Grande do Norte, sendo irmão do padre Sátiro Dantas, que já foi reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN e também exerceu a função de professor.

Dantas iniciou a sua carreira jurídica como promotor de Justiça do Estado potiguar. Antes de ser nomeado ministro do STJ, Dantas passou pelo Ministério Público do Distrito Federal e pelo Ministério Público Federal. 

O ministro se aposentou em 1998, depois de 22 anos dedicados ao Superior Tribunal de Justiça - STJ, do qual passou a fazer parte desde que foi extinto o Tribunal Federal de Recursos - TFR.

No STJ, José Dantas teve a companhia, também como ministro, do também norte-rio-grandense José Delgado, natural de Santo Antonio do Salto da Onça.

Dantas era conhecido como um exemplo de imparcialidade nas suas decisões. A página virtual do STJ disse que Dantas foi um "testemunho vivo de integridade e honestidade para a Justiça brasileira". 

Ainda que apenas em 1976 assumisse a função de magistrado, a contribuição de José Dantas para a Justiça brasileira começou em 1955, quando tomou posse como promotor de Justiça efetivo em sua terra natal. Deixava de ser fiscal da lei para ser um agente de promoção da Justiça. 

Respeitado entre seus pares, José Dantas era um líder nato. Equilibrado e ponderado, foi uma importante liderança na Corte Especial de Justiça do País.

Segundo o sítio eletrônico do STJ, a afabilidade e a tranquilidade de José Dantas eram reconhecidas por todos. Para os seus colegas, ele era um ministro cioso de seu papel, que desempenhou com maestria e competência, deixando o gabinete sem nenhum processo para o seu sucessor. 

Vocacionado, o ministro reconhecia os problemas que acabavam diminuindo a confiança da população na resolução dos conflitos pelo Judiciário. Acreditava, no entanto, na importância do papel da imprensa, como forma de contribuir para melhorar o acesso do cidadão à Justiça, informando de forma correta as questões relativas ao Judiciário.

Quando de sua aposentadoria, indagado sobre a carreira que escolheu, o ministro Dantas não vacilou: ”Faria exatamente o que fiz”. 

Entre os inúmeros julgamentos importantes de que participou José Dantas está o processo contra o ex-presidente Fernando Collor, que ficou empatado no Supremo Tribunal Federal - STF. Junto com os ministros Torreão Braz e William Patterson, o ministro José Dantas confirmou a cassação dos direitos políticos de Collor.

Sem dúvidas, José Dantas orgulhou o Rio Grande do Norte, e, de modo especial, o seu Município, Pau dos Ferros.

(O texto tem informações da página www.stj.jus.br)


Escrito por alcimarantonio às 23h05
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




JANDUÍS

Leandro Tomé é o novo presidente da Câmara de Vereadores janduiense

Enquanto os demais Municípios já conheciam os dirigentes de suas Câmaras Municipais para o biênio 2013-2014, em Janduís, no Médio Oeste do Rio Grande do Norte, a eleição para este fim aconteceu apenas nesta sexta-feira, 4 de janeiro, às 16 horas. O Regimento Interno da Casa Legislativa municipal assim determina.

Com cinco votos a favor, contra quatro, Leandro Tomé (PRB) foi eleito presidente da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Janduís, em disputa travada com Adeilson Alves de Medeiros (PSD), que tinha sido presidente do parlamento municipal de 1º de janeiro de 2011 a 31 de dezembro de 2012. 

Antônio Gomes Batista (Braga, do PT) foi eleito vice-presidente, Lázara Maia (PT) foi eleita para a primeira secretaria e Ivamar (PT) foi eleito para a segunda secretaria da Casa de Leis do Município.

Nas eleições de 7 de outubro de 2012, Leandro Tomé foi o vereador mais votado de Janduís, sendo essa também a sua primeira eleição para o cargo de vereador.

Ele e todos os demais eleitos para a Mesa Diretora fizeram parte da coligação "Paz e Trabalho", formada por PT, PRB, PMN e PC do B, que apoiava os candidatos a prefeito e vice-prefeito Nailka Saldanha e Raimundo Canuto de Brito, respectivamente.

O então prefeito Salomão Gurgel Pinheiro (PT) apoiava esse projeto político, que acabou derrotado nas urnas por Lígia Félix e João Neto, eleitos respectivamente para os cargos de prefeito e vice-prefeito de Janduís.

Todavia, embora a chapa majoritária do então grupo situacionista tenha perdido a eleição para os cargos de prefeito e vice, o grupo elegeu cinco dos nove vereadores que compõem a Câmara Municipal.

O agora presidente Leandro Tomé teve atuação em Janduís na década de noventa do século passado na área de cultura, e a partir de 2005 ele esteve à frente da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Janduís, na segunda gestão administrativa de Salomão Gurgel, que foi prefeito de Janduís em três momentos diferentes.

Leandro Tomé também foi secretário do Planejamento de Janduís, igualmente numa das gestões do médico Salomão Gurgel.

Na iniciativa privada, Leandro Tomé trabalhou no departamento comercial do Jornal de Fato, de Mossoró, e estava à frente de empresa do ramo da construção civil e de limpeza urbana.

Por sua vez, Antonio Gomes Batista (Braga) já é vereador de vários mandatos, e também já ocupou, por dois mandatos seguidos, a presidência da Câmara Municipal de Janduís.

A vereadora Lázara Maia (PT) ganhou espaço após o seu tio, Raimundo Canuto de Brito (Raimundo do Sindicato), ter sido candidato a vice-prefeito  na chapa encabeçada por Nailka Saldanha. Raimundo era vereador até 31 de dezembro de 2012.



Escrito por alcimarantonio às 22h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




CENTENÁRIO DO REI DO BAIÃO

Academia de Literatura homenegeia Gonzagão em livro

Em 2012, o cantor e compositor Luiz Gonzaga completaria cem anos, se vivo estivesse. Por todo o País, foram muitas as homenagens prestadas à memória do mais notável artista musical nordestino e um dos mais importantes para a música brasileira.

Fundada recentemente, a Academia Norte-rio-grandense de Literatura de Cordel, em homenagem aos cem anos de Luiz Gonzaga, lançou em novembro de 2012 o livro "Luiz Gonzaga em Cordel".

Organizado por Marcos Antônio de Andrade Medeiros, o livro contém diversos trabalhos da literatura de cordel, todos alusivos ao "Rei do Baião", de autoria de quatorze membros da Academia Norte-rio-grandense de Literatura de Cordel.

Aldaci de França, Antonio Francisco, Francisco Queiroz, Geni Milanez, José Acaci, Josenira Fraga, Juarez Araújo, Kyldemir Dantas, Marciano Medeiros, Marcos Medeiros, Xexéu, Rosa Regis, Sírlia Lima e Tonha Mota fizeram, em versos de cordel, belas homenagens ao "Velho Lua", como também era conhecido o forrozeiro Luiz Gonzaga.

O livro foi impresso pela EDUFRN - Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Luiz Gonzaga foi cantor, compositor e o mais conhecido artista popular do Nordeste. Teve parcerias de vários anos com diversos compositores, destacando-se entre estes Humberto Teixeira e Zé Dantas.

Na medida do possível, o Blog pretende trazer poemas que compõem o livro "Luiz Gonzaga em Cordel", para assim, também, prestar justa homenagem àquele que levou e elevou o nome do Nordeste brasileiro por este Brasil continental.



Escrito por alcimarantonio às 18h17
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




OPINIÃO

O ACORDO ORTOGRÁFICO - HÁ MAIS O QUE FAZER

Mauro Santayana

Nada contra os gramáticos e seu ofício. Mas esse Acordo Ortográfico com os portugueses sempre pareceu forçado e inútil. Não é a ortografia que separa as duas línguas, o português brasileiro e o português de Portugal. É a própria visão de mundo, que se reflete na língua culta (escrita), e na conversação coloquial.

Durante muito tempo, a comunicação cotidiana no Brasil se fazia com a língua geral, que desapareceu, pouco a pouco, enquanto o português brasileiro se afirmava nos púlpitos, na poesia, nos documentos oficiais. Enriquecida dos vocábulos ameríndios e das línguas africanas, a língua brasileira começou a distinguir-se da que se falava em Portugal,  contaminada, com o tempo, de francesismos e anglicismos.

Entre os grandes escritores portugueses do século 20, destacam-se alguns que viveram no Brasil, e se deixaram influenciar pela nossa linguagem própria, como foram, entre outros, Miguel Torga e Ferreira de Castro. Torga passou a adolescência em Leopoldina, Minas, e Ferreira de Castro viveu dos 12 anos até a idade adulta nos seringais e rios amazônicos. Os dois se encontram entre os maiores escritores portugueses do século 20. E um dos melhores livros sobre a vida amazônica da primeira metade do século 20 é o de Ferreira de Castro, A selva. É na leitura de Saramago e Aquilino Ribeiro, pelos brasileiros,  e de Jorge Amado e Guimarães Rosa, pelos portugueses,  que os dois universos intelectuais se encontram.

O Acordo pode ter agradado aos que o sugeriram e trabalharam na simplificação ortográfica, mas desagradou a grandes escritores de um e do outro lado do Atlântico. Os jornais portugueses, e seus melhores escritores, o rejeitam. Muitos acusam o Brasil de exercer imperialismo cultural e econômico nas negociações do Tratado. Em nosso país, fora alguns gramáticos (nem todos) e alguns jornalistas, o desagrado é geral.

Com o abastardamento da linguagem, na redução do vocabulário e na particular ortografia das redes virtuais, uma linguagem escrita que assegure a reprodução exata dos fonemas é necessária, a fim de que se preserve a linguagem e se mantenha a mesma forma culta em todo o território brasileiro.

Sinais gráficos como o trema e o acento circunflexo são indispensáveis para manter a identidade entre as letras e os sons.

A presidente Dilma Rousseff agiu com prudência ao prorrogar por mais três anos a obrigatoriedade do cumprimento do Acordo. Ela atendeu à pressão dos portugueses e dos países da CPLP, mas prestou grande serviço aos brasileiros. Seria o caso de os nossos jornais, que entraram no jogo dos gramáticos, voltarem à ortografia em uso.

É de se esperar que esses três anos devolvam o bom-senso aos legisladores daqui e “d’além-mar”, para deixar as coisas tal como elas se encontram. Temos mais o que fazer, no Brasil e em Portugal, do que banir o trema, o acento circunflexo e o hífen. E, sem tais recursos, fica mais difícil aprender a falar bem, e a pensar com clareza.

Fonte: www.maurosantayana.com, via www.viomundo.com.br



Escrito por alcimarantonio às 16h57
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




OESTE DO RN

Primeiro dia do ano teve posse de eleitos, eleição de dirigentes de Câmaras, empossamento de prefeito interino e até falta de eleição para Mesa Diretora de órgão legislativo

O dia 1º de janeiro de 2013 foi de empossamento nos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereadores dos Municípios brasileiros. Os eleitos em 7 de outubro de 2012 finalmente chegaram aos cargos que venceram em disputa voto a voto.

O primeiro dia do novo ano foi também de eleições para os cargos das Mesas Diretoras das Câmaras Muncipais em quase todos os Municípios potiguares. Apenas em um Município norte-riograndense, ao menos segundo levantamento feito por O MESSIENSE, não houve eleição para a Mesa Diretora de sua Casa Legislativa.

O Blog acompanhou o resultado das eleições para os cargos de direção dos Poderes Legislativos de alguns Municípios do Oeste potiguar, e passa a relacionar os eleitos, iniciando por Messias Targino:

MESSIAS TARGINO - Com seis votos a favor e três em branco, foi conduzido à presidência da Casa de Leis do Município o vereador Juscelino Herculano Jales (PR), tendo como vice-presidente Sebastião Maltez (Rosean, do PP).

Juscelino, que está no segundo mandato de vereador, foi o líder da bancada da prefeita Shirley Ferreira Targino (PR) durante toda a sua segunda gestão, que aconteceu de 1º de janeiro de 2005 a 31 de dezembro de 2012.

O novo líder da bancada da situação, do agora prefeito Arthur Oliveira Targino (PMDB), é o vereador Ânderson Medeiros Martins (PMDB), que também está no segundo mandato.

O prefeito Arthur Targino e o vice-prefeito Genésio Francisco Pinto Neto (Pôla Pinto, do PT) têm maioria de seis num colegiado de nove edis.

PATU - Com oito, dos nove votos, o vereador Suetônio Oliveira Moura (PTN) foi eleito presidente da Câmara Municipal, tendo como vice-presidente o edil Manoel Lindomar (Mamá, do PPS).

Mamá foi reeleito para o cargo de vereador em 7 de outubro de 2012, enquanto Suetônio é estreante no cargo de vereador.

Os dois integram a base de apoio à prefeita Evilásia Gildênia de Oliveira (PSB) e à vice-prefeita Gorete Dantas Forte (PV), reeleitas em outubro do ano que se findou.

RAFAEL GODEIRO - Antonio Carlos Dantas (Sargento Carlos) e Unilson Pereira de Oliveira Filho (Bodin) foram conduzidos, pelo voto da maioria dos seus pares, aos cargos de presidente e vice-presidente, respectivamente, da Câmara Municipal.

Os dois novos dirigentes do Parlamento Municipal, ambos do PSB, foram reeleitos para o cargo de vereador na coligação que deu lastro à candidatura do médico Abel Filho, que foi reeleito prefeito do Município e está agora no seu quinto mandato de prefeito.

OLHO D´ÁGUA DO BORGES - O prefeito recém-empossado Breno Queiroga (PMDB), eleito em outubro de 2012, e o ex-prefeito Jackson Queiroga (PMDB), cujo mandato teve fim de 31 de dezembro passado, convenceram a sua bancada a votar nos nomes de Célia Queiroga e Abel Vilmar de Araújo para os postos de presidente e vice-presidente da Câmara Municipal. E os dois foram eleitos.

Há comentários que o ex-prefeito Dedé Gonzaga, aliado de Breno e Jakcson, tinha em mente outro nome.

Mas, no final, houve entendimento comum dentro do grupo do prefeito Breno e a situação olhodaguense se manteve também à frente da Casa Legislativa municipal.

FELIPE GUERRA - Salomão Gomes e Ronaldo Pascoal foram os vereadores eleitos para os cargos de presidente e vic-presidente da Câmara Municipal. Haroldo Ferreira foi o prefeito eleito em outubro de 2012, assim empossado neste dia 1º de janeiro no cargo de Chefe do Poder Executivo.

JOÃO DIAS - Luciana Veríssimo foi o nome escolhido pelos vereadores da Câmara Municipal para ser a sua presidente para o biênio 2013-2014.

MOSSORÓ - A Câmara Municipal do segundo maior Município do Rio Grande do Norte e principal Município da região Oeste do Estado elegeu o vereador Francisco José da Silveira Júnior (PSD) para o cargo de presidente. Silveira Júnior foi também presidente da Casa nos últimos dois anos.

O primeiro vice-presidente eleito foi o vereador Alex Moacir (PMDB), e o segundo vice-presidente escolhido pela Casa foi o vereador Soldado Jadson.

Embora tenha participado, em 2012, da campanha eleitoral da candidata a prefeita Larissa Rosado (PSB), Silveira Júnior foi nome apoiado para presidir a Câmara Municipal dos "Monxorós" pela prefeita Cláudia Regina (DEM), que derrotou Larissa no pleito eleitoral de 7 de outubro de 2012, e que também foi empossada neste dia 1º de janeiro, juntamente com o vice-prefeito Wellington (PMDB).

Silveira apenas não obteve o voto do vereador Lairinho Rosado (PSB), que é filho do ex-deputado federal Laíre Rosado e da deputada federal Sandra Rosado (PSB) e irmão da candidata derrotada Larissa Rosado.

SERRA DO MEL - O vereador Fábio Bezerra de Oliveira (PMDB), filho do ex-prefeito Izete Bezerra, e Vandré Veras (PMDB), vereador reeleito no pleito eleitoral de outubro de 2012, foram os eleitos por seus colegas de Parlamento para os cargos de presidente e vice-presidente, respectivamente, da Câmara Municipal.

Integrantes do grupo político que administra Serra do Mel há muito tempo e que teve como último prefeito Josivan Bibiano de Azevedo, Fábio e Vandré não tiveram dificuldade para vencer as eleições na Câmara Municipal, pois a base situacionista no Legislativo deste Município serrano tem sete de um total de nove vereadores.

O detalhe importante dessa eleição da Câmara Municipal é que Fábio Oliveira assumiu, logo após, o cargo de prefeito - interino - da Serra do Mel, e Vandré logo passou ao cargo de presidente do Legislativo municipal.

E assim aconteceu porque, na Serra do Mel, a eleição para os cargos de prefeito e vice-prefeito teve o seu resultado anulado pela Justiça Eleitoral, que realizará no Município novas eleições.

Fábio é filho de Irmã Lúcia Moura, única candidata a prefeito do Município serrano a receber votos válidos, eis que o candidato a prefeito da oposição, sindicalista Manoel Cândido (PT), que recebeu mais votos na eleição passada, teve indeferido o seu registro de candidatura, embora tenha recorrido dessa decisão para instâncias superiores.

Com a ida de Fábio para a Prefeitura, quem assumiu a vaga remanescente na Câmara Municipal foi a primeira suplente Mércia Costa, também do PMDB.

Empossado no cargo de Prefeito do Município, mesmo que em caráter interino, Fábio adquire o direito de disputar a eleição para o cargo de prefeito, em pleito suplementar a ser aprazado pela Justiça Eleitoral, sendo assim um possível candidato à reeleição, o que já é cogitado no Município.

JANDUÍS - Neste Município, assim como em quase todos os demais, houve a posse da prefeita (no caso, Lígia Félix, do PSDB), do vice-prefeito (João Neto) e dos veradores.

No entanto, seguindo-se o Regimento Interno da Câmara Municipal, apenas nesta sexta-feira, 4 de janeiro, é que os vereadores de Janduís escolherão os membros da Mesa Diretora de sua Câmara.

O grupo derrotado para prefeito em outubro de 2012, liderado pelo ex-prefeito Salomão Gurgel Pinheiro (PT), elegeu cinco dos noves vereadores do Município, enquanto que o grupo da prefeita Lígia Félix elegeu quatro.

À exceção de Serra do Mel, os prefeitos e vice-prefeitos empossados neste dia 1º de janeiro terão mandatos até 31 de dezembro de 2016, mesmo período para o mandato dos vereadores, inclusive da Serra do Mel.

Em todas as Câmaras Municipais, os mandatos dos membros das Mesas Diretoras, agora eleitos por seus pares de Casas Legislativas municipais, irão até 31 de dezembro de 2013.

Em alguns Municípios, é permitida a reeleição dentro da mesma legislatura (período legislativo de quatro anos, que coincide com o período do mandato de vereador), e noutros Municípios esta reeleição não é permitida.



Escrito por alcimarantonio às 23h37
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




TELEFONIA CONFUSA

Usuários de operadora de telefonia têm novo problema: as linhas cruzadas

Se você é usuário da Tim, a principal operadora de telefonia celular do interior do Rio Grande do Norte, tenha cuidado quando for usar o serviço. Se, via telefone móvel, for contar algum segredo ou fazer uma declaração de amor, primeiro se certique sobre quem realmente está do outro lado da linha.

É que, embora a Tim tenha diminuído (mas não erradicado por completo) os casos em que o serviço fica totalmente indisponível, o consumidor agora se depara com novo problema, que são as chamadas linhas cruzadas.

O Blog ouviu consumidores de alguns Municípios da região Oeste do Rio Grande do Norte, inclusive Patu, Messias Targino e Olho D´água do Borges, e também constatou por ele próprio, que tem sido comum que o usuário pretenda telefonar para um contato seu, e acabe por ouvir a voz de uma terceira pessoa.

Nesses dias de maior congestionamento no serviço oferecido pela Tim, o cruzamento de linhas tem sido fato bastante corriqueiro.



Escrito por alcimarantonio às 17h54
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




FELIZ 2013

A todos, saúde e paz!

O ano de 012 foi um ano bom, de muitas realizações. 2013 poderá ser melhor. Depende muito da força de vontade de cada um.

Nesse contexto, o Blog O MESSIENSE, que mais parece ter um clube de amigos ao invés de uma legião de leitores, deseja a estes, seus leitores, um ano de 2013 repleto de paz, saúde, felicidade, trabalho e prosperidade.

E conclama os seus leitores a engrossarem as fileiras dos que continuam a defender valores sociais sólidos para a construção de um mundo melhor, com enorme valorização da família, que continua a ser a base de sustentação de uma sociedade melhor e mais justa.

Independentemente da opção religiosa de cada um dos leitores, o Blog, ecumenicamente falando, deseja a seus leitures que Deus abençoe a cada um. E que cada um deixe Deus fazer morada em seu coração.

A todos, feliz 2013, com muita harmonia, saúde e paz!

Blog O MESSIENSE - Alcimar Antonio de Souza (editor/responsável)



Escrito por alcimarantonio às 17h41
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MESSIAS TARGINO

Eleitos messienses serão empossados neste dia 1º de janeiro

Eleitos com imensa maioria de votos no pleito de 7 de outubro de 2012 para os cargos de prefeito e vice-prefeito, Arthur de Oliveira Targino (PMDB) e Genésio Francisco Pinto Neto (Pôla Pinto, do PT), já devidamente diplomados pela Justiça Eleitoral, serão empossados nos referidos cargos neste dia 1º de janeiro de 2013, para mandatos que só terminarão em 31 de dezembro de 2016.

Às 10 horas, a Câmara Municipal de Messias Targino, sob a presidência do vereador Juscelino Herculano Jales (PR), dará posse aos nove vereadores eleitos, dos quais seis compõem a base de sustentatação política do prefeito até aqui diplomado Arthur Targino, e dará posse também aos prefeito e vice, Arthur e Pôla.

No mesmo ato haverá a eleição para os cargos da Mesa Diretora da Câmara Municipal.

Às 19 horas, a prefeita atual, Shirley Ferreira Targino (PR), fará a transmissão do cargo para o novo prefeito, Arthur Targino (PMDB). O evento ocoerrá num clube da cidade de Messias Targino. 



Escrito por alcimarantonio às 17h34
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PATU

Festa das posses será iniciada à tarde e seguirá noite adentro

Neste dia 1º de janeiro de 2013, o Município de Patu viverá mais um daqueles dias de intensa movimentação política.

Às 17 horas acontecerá na Câmara Municipal a posse dos vereadores eleitos e já diplomados, seguindo-se ao ato de posse a eleição para os cargos da Mesa Diretora da Casa Legislativa municipal.

Às 18 horas, a Câmara Municipal, já com nova Mesa Diretora, dará posse a Evilásia Gildênia de Oliveira e Gorete Dantas Forte nos cargos de prefeita e vice-prefeita, respectivamente. O ato também ocorrerá nas dependências da Câmara de Vereadores patuense.

Às 19 horas será a vez da prefeita Evilásia Gildênia empossar aqueles que ocuparão os cargos de secretários municipais, agora reorganizados em nova estrutura administrativa, aprovada pela Câmara Municipal ainda no mês de dezembro de 2012.

Às 20 horas, os empossados e toda a população festejarão na Praça de Eventos Oliveira Rocha, no centro de Patu, ao som de Felipe Maiko e banda Forró Magote.



Escrito por alcimarantonio às 17h24
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




ROMARIA E CONFRATERNIZAÇÃO

Santuário do Lima se prepara para receber romeiros

O Município de Patu, no Oeste do Rio Grande, de maioria de fiéis cristãos-católicos, é daqueles poucos que se pode dizer que tem dois padroeiros. No caso, são duas padroeiras.

Nossa Senhora das Dores, que tem Igreja Matriz com o seu nome, localizada no centro da cidade de Patu, tem festa realizada no período de 6 a 15 de setembro, sendo feriado municipal o dia 15 de setembro.

Nossa Senhora dos Impossíveis, que dá nome ao Santuário de mesmo nome, localizado na Serra do Lima, a poucos quilômetros da cidade de Patu, tem festa celebrada no mês de novembro. O dia 21 de novembro é feriado no Município de Patu.

Mas Nossa Senhora dos Impossíveis tem também outra festa importante, que reune no Santuário do Lima uma multidão de fiéis. Trata-se da Romaria de Ano Novo, realizada no dia 1º de janeiro de cada ano, uma das maoires festas religiosas do Rio Grande do Norte.

Neste dia 1º de janeiro de 2013, o bispo da Diocese de Santa Luzia, de Mossoró, dom Mariano Manzana, estará presente ao evento, como acontece todos os anos.

Ainda antes do nascer do sol, milhares de pessoas começam a subir a Serra do Lima, em direção ao Santuário, onde serão celebradas três missas, batizados e onde também haverá procissão.

Eis a programação da Romaria de Ano Novo do Santuário do Lima (1º de janeiro de 2013):

. 7 horas - Missa (a ser celebrada por padre George)

. 9 horas - Missa Solene (presidida pelo bispo diocesano, dom Mariano Manzana, e concelebrada pelos padres Domingos e George);

. 10 horas e 45 horas - Procissão de Nossa Senhora dos Impossíveis e Batizados;

. 11 horas - Missa (a ser celebrada por padre Domingos Sá);

. 12 horas - Almoço de confraternização no Refeitório da Pousada do Santuário.



Escrito por alcimarantonio às 17h08
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




DIREITO DO CONSUMIDOR

Consumidor deve guardar recibos dos pagamentos feitos no ano, recomenda Ibedec

Daniel Lima

Repórter da Agência Brasil

Brasília - O ano está acabando e o que fazer com os recibos na hora de limpar as gavetas? Separá-los e organizá-los, sejam de pagamento de impostos, sejam de quitação de outras dívidas, recomenda o Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo (Ibedec). A instituição destaca que, no caso de pagamentos de impostos, os recibos devem ser guardados por cinco anos.

Segundo Geraldo Tardin, presidente do Ibedec, é comum no início do ano as pessoas descobrirem que deixaram de pagar uma parcela de algum imposto. “Por isso, é importante para o cidadão ter tudo organizado e separado. No caso de documentos fiscais, o prazo é sempre cinco anos. Não se deve descartar nada”, recomenda.

Devem ser guardados, também por cinco anos, os comprovantes de despesas usados na Declaração do Imposto de Renda, como os relativos a empréstimos bancários, a investimentos e a aquisições de bens, como imóveis, informou Tardin. No caso de transações de pessoa física com pessoa física, como recibo de aluguel, por exemplo, o prazo é menor: três anos.

Para as relações protegidas pelo direito do consumidor, que são de pessoa física com pessoa jurídica, os documentos devem ser guardados também por cinco anos. Caso a compra seja parcelada, o presidente do Ibedec recomenda que os cinco anos sejam contados a partir do pagamento da última parcela e, claro, arquivados todos os recibos anteriores.

Ter cuidado com os comprovantes é importante, assim como ter os documentos organizados em pastas separadas. Segundo Tardin, não adianta guardar os documentos em mesmo lugar, porque pode ser difícil encontrá-los na hora em que mais precisar.

No caso dos trabalhadores, o Ibedec recomenda o armazenamento de papéis que comprovem sua vida laboral, como os contracheques. “Isso porque quando chega a época da aposentadoria, se faltar comprovar algum período trabalhado muito distante, a pessoa poderá ter dificuldade. Infelizmente, existe sim a burocracia”, destaca Geraldo Tardin.

Os consumidores que programam quitar as dívidas com débito em conta não devem descuidar de verificar o extrato bancário no dia posterior à data do pagamento para ver se a operação foi concretizada. Também devem ter cuidado com os cheques predatados, pois os valores ao serem debitados, podem deixar o saldo inferior ao necessário para pagar as dívidas programadas no banco.

Um erro muito comum, segundo Tardin, ocorre com o pagamento feito por meio do código de barras. O consumidor acredita que está tudo certo, mas depois descobre que programou o pagamento com erros. “Tem que ter a atenção redobrada para esses problemas e evitar uma dor de cabeça futura. Nesses casos, a prova é única e exclusiva da pessoa”, explica.

O consumidor deve também deve evitar atrasar o pagamento de faturas como as do cartão de crédito porque o boleto não chegou no endereço indicado para correspondência até a data do vencimento.

“Muitas vezes, as pessoas aguardam até a data do pagamento para ver se o boleto chega. É errado. Se o boleto não chegou, ligue para a administradora do cartão ou entre no site da companhia para pedir pelo menos o código de barras e efetuar o pagamento. Senão, pagará juros e multas remuneratórias”, alerta.

Os prestadores de serviço são obrigados por lei a mandar a declaração de quitação de débitos em maio de cada ano. Mas, segundo Tardin, muitas empresas resistem e não cumprem essa obrigação. Para ele, no entanto, se não encaminham, “admitem uma confissão velada de que o consumidor não está devendo nada”. Legislação federal estabelece que a declaração de quitação anual substituirá os recibos e comprovantes mensais emitidos ao longo do ano anterior.

Fonte: Agência Brasil (www.agenciabrasil.ebc.com.br)



Escrito por alcimarantonio às 16h33
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




TRÂNSITO E SEGURANÇA PÚBLICA

Posto da PRF volta a ser cogitado para Oeste do RN

De tempos em tempos o assunto volta a pautar as conversas de interessados no assunto e de parte da mídia, tradicional ou alternativa.

Novamente se fala, por essas bandas, sobre a possível instalação de um posto da Polícia Rodoviária Federal - PRF na região Oeste do Rio Grande do Norte, precisamente às margens da Rodovia BR 226.

A referia estrada federal cruza o Oeste do Estado do Rio Grande do Norte a partir de Triunfo Potiguar e passa pelos Municípios de Campo Grande, Janduís, Messias Targino, Patu, Almino Afonso, Lucrécia, Frutuoso Gomes, Antonio Martins e Pau dos Ferros, indo daí (quando um dia for concluída) até o vizinho Estado do Ceará, e de lá para Tocantins, segundo o seu projeto original.

O local provável de instalação do imaginável posto da PRF seria Campo Grande ou Patu, dadas às localizações geográficas de ambos (estratégicas para o combate a crimes de trânsito e outros de competência da PRF) e também por suas respectivas potencialidades populacionais e econômicas.

Patu também justifica a sua pretensão por ter a Serra do Lima, que abriga o Santuário de Nossa Senhora dos Impossíveis e uma rampa natural para a prática do vôo livre. O local, por tais atrações, atrai muitos romeiros durante o ano inteiro (turismo religioso) e atrai muitos praticantes de esportes radicais em boa parte do segundo semestre de cada ano.

Mas, com o efetivo bastante reduzido que tem a Polícia Rodoviária Federal - PRF, fica difícil imaginar que o projeto, sonho para muitos, chegue a se tornar realidade.

Prefeitura solicitou a instalação de posto da PRE em prédio abandonado

Não faz muito tempo que a Prefeitura de Patu, preocupada com a onda de violência que assola todo o interior do Rio Grande do Norte e reflete diretamente no Município, solicitou ao Governo do Estado do Rio Grande do Norte que fosse instalado um posto da Polícia Rodoviária Estadual - PRE, vinculada à Polícia Militar - PM, no prédio que até pouco tempo abrigou o Posto Fiscal de Lagoa de Pedra.

O prédio fica localizado na Rodovia RN 078, no Município de Patu (RN), no sentido Catolé do Rocha (PB), próximo à divisa do Estado do Rio Grande do Norte com o Estado da Paraíba.

Uma equipe da Polícia Rodoviária Estadual - PRE até chegou a visitar o local, mas a ação do Estado não passou disso.

Localizado próximo à divisa do Estado potiguar com o Estado paraibano, o prédio serviria muito bem aos propósitos de funcionamento de um posto da Polícia Rodoviária Estadual, e certamente inibiria bastante o número de delitos não apenas em Patu, mas em toda a região.

Em situação similar, foi instalado em Mossoró um posto da PRE no local onde também funcionava um posto fiscal, próximo ao cruzamento da RN 117 com a BR 304.

Os postos fiscais foram sendo desativados na medida em que a Secretaria de Estado da Tributação passou a exigir a nota fiscal eletrônica e a melhorar o seu sistema de informática.



Escrito por alcimarantonio às 12h16
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




REFLEXÃO DE NATAL

O que aprendemos com o nascimento e a crucificação de Jesus?

Alcimar Antônio de Souza

Há exatos dois mil e doze anos, segundo o calendário gregoriano, nasceu o Menino Jesus. Veio ao mundo da forma mais simples possível: nasceu numa manjedoura, que, segundo o Dicionário da Língua Portuguesa, significa o Tabuleiro onde, nas estrebarias, é posta a comida para os animais.

Aceito pelo povo da época como o Messias, mas rejeitado pelos “líderes” religiosos do seu povo por criticar também tais lideranças, Jesus levou ao mundo uma vasta mensagem de amor, paz, respeito, doação. “Amar a Deus sobre todas as coisas” e “amar ao próximo como a si mesmo”, tal como já ensinava a Lei dos Dez Mandamentos, foram mandamentos bastante enaltecidos por Jesus Cristo.

O Nazareno, como também era chamado, foi batizado nas águas do Rio Jordão por um profeta que lhe anunciou com maior precisão, João Batista, que disse não ser digno de amarrar as sandálias do Mestre Jesus.

O Filho de Deus viveu na terra sem luxúria, sem conforto material e até sem um lar definido, pois também pregava que, para servir a Deus, deveria abandonar tudo isso.

Político, combateu o sistema romano que dominava e oprimia o povo de Israel, mesmo deixando claro sempre que não desejava ser Rei dos Judeus, pois seu Reino, segundo dizia, não seria deste mundo. E, para driblar os centuriões e oficiais do exército romano, falava em línguas nativas da região, como hebraico, aramaico e outras, de modo que os opressores do seu povo não compreendiam a sua mensagem.

Mas, justamente por desagradar aos poderosos de então (governantes romanos e religiosos judeus de prestígio ali abalado), foi julgado, mesmo sem ter cometido qualquer crime, e foi condenado sumariamente à morte. Ele já sabia do fato, e sabia inclusive que um dos seus apóstolos – Judas – iria lhe entregar ao exército romano.

A morte de Jesus Cristo foi mais uma demonstração de carinho Dele e do Seu Pai para com a humanidade. Foi uma doação, repleta de muitos significados, resumidos no maior e mais forte de sentimentos: o amor.

Infelizmente, passados mais de dois mil anos, nós, que nos dizemos cristãos, continuamos sem compreender (e, se compreendemos, sem aceitar totalmente) os ensinamentos de Jesus Cristo, enviado à terra pelo Deus único para nos trazer ensinamentos e conversão.

Vivemos, em grande parte, em contrariedade àquilo que, nos bancos das igrejas, dizemos acreditar. Continuamos valorizando o ter em detrimento do ser. Dizemos que amamos a Deus sobre todas as coisas, mas não somos capazes de um desapego mínimo a essas outras “coisas”.

“Amar ao próximo como a nós mesmos” é preceito divino que ainda buscamos praticar. Todavia, na verdade, as estatísticas sociais e históricas depõem contra nós.

Pelo capital, inventamos guerra; pelo poder político, difamamos e fazemos dos meios, quaisquer que sejam eles, instrumentos hábeis para chegarmos aos fins.

Em vários países mundo afora, e também neste florão da América, milhares de pessoas ainda vivem na miséria absoluta, mortas diariamente pela fome e, principalmente, pela falta de esperança.

Se não cuidamos bem de nossos irmãos – pessoas -, cuidamos menos ainda da natureza que, gratuitamente, o Senhor Deus nos deixou. Motivos econômicos, egoísmo e falta de educação nos levam a destruir, aos poucos, o planeta onde vivemos.

Temos vidas regradas a conveniências e interesses. Criamos classes sociais distintas para nos “protegermos” uns dos outros, como bem diz aquele dito popular de que “cada macaco no seu galho”.

Nos abrigos e asilos, velhinhos sofrem com o desprezo de seus familiares, que não tiveram a hombridade e a decência de os manter em seus lares e deles cuidar pelo pouquinho de tempo que resta de suas vidas.

Por um par de sapatos, ou por uma roupa de marca, jovens se matam nas grandes cidades.

Ainda somos capazes de valorizamos ou desvalorizarmos nossos pares pela cor da pele, em pleno século XXI, como se isto fosse critério correto de avaliação dos nossos irmãos.

Chegamos até a dar ouvidos a “profecias” diversas sobre o fim do Mundo, esquecendo que somente a Deus cabe tal decisão.

Muitas vezes nos metemos em discussões doutrinário-religiosas sem fim, na tentativa de justificarmos que essa ou aquela igreja cristã tem mais acerto, mas na prática diária não nos diferenciamos muito uns dos outros.

Esquecemos que, ser cristão, não se trata de proferir mero jogo de palavras. A cristandade requer a prática rígida de condutas das quais Jesus tanto falou desde a sua primeira aparição pública, aos doze anos, na Festa da Páscoa dos Judeus, quando ensinou aos doutores da Lei num templo religioso, até o momento da sua morte.

Em templos diversos, o céu é demarcado e vendido a preço elevado. Pela televisão, somos convocados (quase intimados) a sermos “pilares”, “colunas” e outras formas de “sustentação” de “ministérios” que, por suas práticas, tomam o caminho contrário daquele que, segundo ensinou Jesus Cristo, levam ao Reino do Céu, que não pode ser tratado como mercadoria posta em livre negociata.

Agora, no Natal, compramos enfeites e adereços coloridos e os colocamos em nossas residências. Fazemos ceias regadas a muita comida e bebida, e nem nos importamos em praticar nesses dias de Festa o pecado da gula. Aliás, dos pecados que diariamente cometemos, este é certamente o menor deles (e ainda há os “cristãos” que sequer admitem que pecam).

Enquanto isso, muitos continuam sem casas para colocar algum adereço natalino, e milhares continuam sem ter o que comer mundo afora.

Ah!, mas aí aparece alguém e diz: “Não temos como consertar tudo isso!”. É verdade, de fato não temos como, individualmente, acabarmos com a desordem (fome, miséria, violência...) que grassa o mundo.

Mas, individualmente, deixando de olhar um pouco apenas para nós mesmos, podemos praticar pequenas atitudes verdadeiramente cristãs, e o conjunto de tudo isso poderá se transformar numa grande obra. Se copiássemos o modo de agir das formigas, aplicando-o ao trabalho cristão, teríamos um grande resultado das ações individualmente praticadas.

Em verdade, ser cristão é muito difícil. O desafio é enorme. Requer, além de orações, ações. Vai além da apresentação desmedida do Papai Noel que gostamos de ver nesta época do ano; vai além do impulso consumista que nos toca no período natalino; significa muito mais que a vontade de comer e beber que aumentamos nessas festas de fim de ano e que não são, ao pé da letra, a celebração do Natal.

25 de dezembro não é apenas o dia de nascimento de Jesus Cristo. É uma data-referência para muita reflexão em torno da nossa verdadeira identidade cristã. Ou mudamos para buscarmos seguir Jesus Cristo, ou fazemos como os judeus que lhe condenaram naquela Festa da Páscoa, preferindo Barrabás.

Pensem nisso. Pensar no assunto com calma já será um bom começo.

A todos, Feliz Natal!



Escrito por alcimarantonio às 21h18
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




DO BLOG DO XERIFE

Salário mínimo será de R$ 678 em 2013

O Palácio do Planalto anunciou nesta segunda-feira (24) que o valor do salário mínimo em 2013 será de R$ 678, o que representa um reajuste de 9% em relação aos atuais R$ 622.

O anúncio foi feito pela ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffman, após reunião com a presidente Dilma Rousseff no Palácio do Planalto.

O valor do salário mínimo é calculado com base no percentual de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do ano retrasado mais a reposição da inflação do ano anterior pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Em 2011, a variação do PIB foi de 2,73%, e a inflação de 2012 medida pelo INPC, de 6,1%.

O Orçamento de 2013 – ainda não aprovado pelo Congresso – previa alta do mínimo para R$ 674,96. A proposta original do governo era de aumento de R$ 622 para R$ 670,95, mas o cálculo da inflação foi reajustado, e isso elevou o valor.

Fonte: www.robsonpiresxerife.com



Escrito por alcimarantonio às 18h19
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




COM INFORMAÇÕES DE "O MESSIENSE", PUBLICOU "O MOSSOROENSE"

Operação "tapa buracos" avançou em trecho da rodovia BR-226

PATU/REGIÃO - O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) está intensificando o trabalho de recuperação e conservação de estradas na região. Um dos trechos contemplados com a ação é o que interliga Patu ao município de Messias Targino, pela rodovia BR-226.

A recuperação da rodovia está sendo executada por uma empresa terceirizada, contratada para realizar periodicamente o trabalho de "tapa-buracos" e conservação da via. No citado trecho os serviços têm previsão de ser concluídos breve, visto que somente em alguns pontos os reparos são necessários.

Em Patu, nas proximidades do entroncamento da BR-226 com a RN-078, o Dnit instalou uma lombada eletrônica, atendendo assim a uma antiga reivindicação da Prefeitura de Patu e de usuários do movimentado trecho. O sistema de sinalização chega numa boa hora, pois no local já foram registrados muitos acidentes.

De acordo com populares, problema semelhante é comum no acesso à cidade de Messias Targino, a partir da BR-226, onde acontecem muitos acidentes. A prefeita Shirley Ferreira Targino e o vereador Genésio Francisco Pinto Neto, "Pôla Pinto", já solicitaram ao Dnit a colocação de lombadas no local, visando a redução de acidentes, mas até agora o órgão não se pronunciou quanto às solicitações feitas.

Outro problema que preocupa quem trafega pela BR-226 são as cercas existentes próximas à pista de rolamento. Quem viaja pela rodovia pode constatar, principalmente do trecho que vai de Campo Grande a Almino Afonso, passando pelos municípios de Janduís, Messias Targino e Patu, que muitos proprietários de terras localizadas às margens da rodovia colocaram as cercas de suas propriedades muito próximo da pista.

Em alguns casos, a cerca está a menos de dois metros da pista de rolamento. A diminuição da área de recuo, existente entre a pista de rolamento e os terrenos próximos à rodovia, aumenta consideravelmente a possibilidade de acidentes. Apesar de terem conhecimento do problema, Dnit e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) nada fizeram até agora para coibir esses abusos.

Fonte: www.omossoroense.com.br



Escrito por alcimarantonio às 12h20
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




DIREITO E CIDADANIA

Notícias do STF: 2ª Turma concede HC a operador de rádio comunitária na Bahia

 

Por maioria de votos, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu um Habeas Corpus (HC 115729) para trancar ação penal que tramita na 17ª Vara Federal Especializada Criminal da Seção Judiciária da Bahia contra A.B.Q., operador de uma rádio comunitária no Município de Camaçari (BA).

Ele foi denunciado pela prática do delito previsto no artigo 183 da Lei 9.472/97, que prevê detenção de dois a quatro anos e multa de R$ 10 mil para quem desenvolver clandestinamente atividades de telecomunicações. Inicialmente, a denúncia foi rejeitada pelo magistrado de primeiro grau, que aplicou ao caso o princípio da insignificância. No entanto, o Ministério Público Federal recorreu ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), que deu provimento ao recurso para determinar o retorno dos autos à origem para o prosseguimento da ação penal.

Voto

O relator do caso, ministro Ricardo Lewandowski, apresentou o voto condutor do julgamento e concedeu a ordem para trancar o processo contra o denunciado. O ministro destacou que uma perícia efetuada pela própria Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) constatou que o serviço de radiodifusão utilizado pela emissora não possuía capacidade de causar interferência prejudicial aos demais meios de comunicação, o que demonstra que o bem jurídico tutelado pela norma, ou seja, a segurança dos meios de comunicação, permaneceu incólume. Lewandowski citou exemplo de rádios que atuam em São Paulo e que chegam a interferir na torre de controle e comunicações dos pilotos de aeronaves em razão da proximidade com o aeroporto, mas ressaltou que este não é o caso da rádio baiana, que nem mesmo interfere na frequência das rádios oficiais.

O relator observou ainda que a rádio comunitária era operada com o objetivo de evangelização por meio de programas religiosos e prestação de serviços sociais. Para o ministro, essa situação já demonstra a “ausência de periculosidade social da ação e o reduzido grau de reprovabilidade da conduta imputada ao paciente”. Com isso,  concedeu o HC para trancar a ação penal, mas frisou que uma possível apuração dos fatos atribuídos a A.B. poderá ser feita na esfera administrativa, no âmbito da Anatel, por exemplo, que poderá até mesmo apreender os equipamentos, “mas do ponto de vista penal estou entendendo que é insignificante a ação tida como criminosa por parte do paciente”, afirmou.

Seu voto foi acompanhado pelo ministro Celso de Mello e pela ministra Cármen Lúcia. O ministro Celso destacou que tramita no STF uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) que questiona a regra que impede que determinadas rádios comunitárias desenvolvam atividade de proselitismo e a questão foi colocada sob a perspectiva da liberdade religiosa.

“Seria lícito ao poder público, mediante lei, interferir nesta livre circulação de ideias, ainda que se cuide de um serviço público concedido? Poderia a União impor essa restrição e impedir a propagação de ideias religiosas?”, questionou o ministro ao destacar que esse é um tema “muito interessante”. No caso analisado, o ministro afirmou que consideradas as circunstâncias indicadas no processo, “estamos diante de um fato insignificante”.

A ministra Cármen Lúcia, por sua vez, destacou que concede a ordem apenas porque diante dos fatos relatados no processo, não haveria nenhuma lesividade que pudesse configurar prejuízo penal para a sociedade.

Divergência

O ministro Teori Zavascki foi o único a divergir e ressaltou que nesta fase de análise do processo não é possível debater o conteúdo da programação da rádio, pois só é possível avaliar a partir das informações do processo. E, de acordo com o ministro Teori, não é possível conceder o HC sem atacar a própria norma tipificadora (a lei que prevê o crime).

“Aparentemente, aplicar o princípio da insignificância nesse caso, representa descriminalizar a própria conduta tipificada como crime”, afirmou.

Fonte: www.stf.jus.br



Escrito por alcimarantonio às 17h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MISSAS DO NATAL

Paróquia divulga dias e horários das missas natalinas

Neste dia 25 de dezembro será festejado por cristãos de todo o mundo mais um aniversário de Jesus Cristo, apontado pela Bíblia Sagrada como o Messias, o Filho de Deus. É o Natal, a mais importante festa cristã.

As celebrações religiosas de cristãos-católicos se iniciam, tradicionalmente, no dia 24 de dezembro, véspera do nascimento do Menino Jesus.

Na Paróquia de Nossa Senhora das Dores, que compreende os Municípios de Patu e Messias Targino, serão muitas as celebrações nos dias 24 e 25 de dezembro.

Confira os horários das Missas do Natal na Paróquia de Nossa Senhora das Dores:

24.12.2012 - segunda-feira:

- 20 horas: Santuário de Nossa Senhora dos Impossíveis, na Serra do Lima, zona rural de Patu;

- 21 horas e 30 minutos: Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores, em Patu;

- 23 horas: Capela de Nossa Senhora das Graças, em Messias Targino;

25.12.2012 - terça-feira:

- 09 horas: Santuário de Nossa Senhora dos Impossíveis, na Serra do Lima, zona rural de Patu;

- 18 horas: Capela de São João Batista, no Conjunto João Pereira, em Patu;

- 19 horas: Capela de Santa Terezinha, no Bairro de Santa Terezinha (Bairro da Capela), em Patu.



Escrito por alcimarantonio às 12h23
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




OPINIÃO

O Brasil quebrou? Quem quebrou?

Alcimar Antonio de Souza

O Brasil foi “descoberto” e colonizado por portugueses, que mandaram para cá o pior tipo de pessoas para administrarem uma riqueza imensa. Sob o domínio português vivemos o Brasil-Colônia e o Brasil-Império, época em que conseguiram quebrar o Banco do Brasil.

Num atraso mental absurdo, prendiam, vendiam, comercializavam e abusavam de todas as formas possíveis e imagináveis de seres humanos, que tinham a cor escura e não eram tratados feito gente. O preconceito ainda hoje existe, porque ainda existe quem ache que a cor é diferencial de alguma coisa.

Bem, depois veio a República. Mas não demorou para o direito da força superar a força do Direito. Primeiro foi Getúlio Vargas, que tomou o poder e declarou o seu “Estado Novo”. Depois, os conservadores de plantão não se conformaram com o governo democrático, popular e socialista de João Goulart (“Jango”), e os militares, com o apoio dos estadunidenses, na conhecida operação COEN, tomaram o poder, e impuseram uma viloenta, sangrenta, cruel e desumana ditadura.

Antônio Carlos Magalhães (na Bahia), Marco Maciel (em Pernambuco) e José Agripino Maia (no RN)  foram alguns dos políticos nordestinos nascidos no berço da ditadura militar, dando-lhe incondicional apoio por essas bandas.

A ditadura se abrigou na ARENA, que virou PDS, que virou PFL, que virou DEM, e seus asseclas se mantiveram fiel a essa “ideologia”, mudando de sigla a cada mudança de nome, mas sempre no mesmo rumo.

Foi no período dos militares no poder que se verificou um tal “milagre econômico”, que de milagre nada tinha. Tratou-se apenas de um endividamento quase sem fim, que resultou num débito imensurável junto ao FMI e banqueiros internacionais, para os quais o Brasil se curvava sempre e abria mão da sua soberania.  A dívida externa somente foi paga muito recentemente, no governo Lula.

No mais recente período de chumbo da História do Brasil, muitos foram torturados, muitos morreram e outros sequer foram encontrados nos porões da ditadura. Homens e mulheres de fibra e de coragem se opuseram ao regime, entre os quais Leonel Brizola, Ulisses Guimarães, Lamarca e, também, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. Então, se podemos dizer nas redes sociais tudo o que pensamos, devemos em muito a essas pessoas.

Numa transição mal feita (porém necessária), José Sarney chegou ao poder, não eleito pelo povo, mas pelos congressistas, que, para prorrogaram o seu mandato (de quatro para seis anos) receberam (muitos deles) inúmeras concessões de emissoras de radiofonia e televisão, além de outros “benefícios”.

O escândalo dos “Anões do Orçamento”, se não me engano, aconteceu nessa época.

A Constituição Federal depois promulgada em 5 de outubro de 1988 era moldada nos intramuros do Congresso Nacional, sob o olhar vigilante do povo brasileiro. Ao final, numa criteriosa avaliação do DIEESE, uns poucos receberam nota 10 por terem votado exatamente a favor das aspirações do povo. O deputado federal Lula foi um desses poucos contemplados com a nota. No RN, Ismael Wanderley foi o único potiguar a ficar com nota 10. Wilma de Faria teve 9,8 e os demais tiveram notas abaixo do que se possa apresentar, de tão pequenas.

Reaberto o processo eleitoral brasileiro, a República do Brasil se transformou na República das Alagoas, e o badalado Fernando Collor de Melo, eleito com apoio incondicional da Rede Globo, da imprensa marrom e dos conservadores de sempre (inclusive Antonio Carlos Magalhães, Marco Maciel e José Agripino Maia), foi impedido de continuar presidindo o País, por um lamaçal de corrupção.

Expurgado Collor do poder, chegou a ele a dupla PSDB/PFL, que, a serviço do neoliberalismo defendido pelos Estados Unidos da América e seguidores, vendeu a preço vil quase tudo (Vale do Rio Doce, empresas de telefonia, e muitas outras empresas rentáveis do Brasil), exceto Banco do Brasil, Correios, Caixa Econômica e Petrobrás, cujos leilões não aconteceram por falta de tempo e por enorme mobilização social. A Petrobrás chegou a ser Petrobrax, para que o produto perdesse por completo qualquer característica de empresa genuinamente brasileira. O livro “Pirataria Tucana” relata bem essa festa com o patrimônio do povo.

Nessa época, os escândalos foram muitos: o caso SIVAM, as vendas “questionáveis” do patrimônio do povo brasileiro, a compra de apoio no Congresso Nacional, entre outros. O “mensalão do PSDB” e o “mensalão do DEM” (este no Distrito Federal) são apenas exemplos do agir dos dois partidos.

A diferença do tempo de PSDB/PLF para agora é que, antes, a mordaça impedia o agir da Polícia Federal e das instituições de investigação, que agora trabalham com total liberdade, aqui e ali cometendo alguns exageros, mas com liberdade.

Então, meu caro internauta: Quem foi mesmo que quebrou o Brasil?



Escrito por alcimarantonio às 01h04
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




SOLIDARIEDADE CRISTÃ

Catequista recebe o apoio da Legião de Maria

Recuperando-se de vários problemas de saúde, a agente de pastoral e catequista Maria José de Souza ("Maria do Junco"), de mais de meio século de serviços realizados na evangelização de crianças e jovens de Messias Targino, recebeu nesta quarta-feira (19 de dezembro) o apoio e a solidariedade de membros da Legião de Maria, um dos muitos movimentos religiosos dos quais Maria José de Souza também fez parte e ajudou a fundar em Messias Targino.

Na residência de Maria do Junco, situada na Avenida Genuíno Fernandes Jales, no centro de Messias Targino, membros da Legião de Maria se uniram à família de Maria para a oração do terço, louvação a Deus, reflexão em torno do Evangelho e pedidos de melhora no estado de saúde de Maria, também estendidos à sua irmã, Marinalda Almeida.

O grupo realiza esse tipo de atividade espiritual em residências de pessoas que atravessam problemas de saúde.

A família de Maria José de Souza agradeceu o apoio recebido de pessoas da comunidade, que por décadas conviveram com Maria nas muitas atividades religiosas realizadas na área de pastoral da Capela de Nossa Senhora das Graças, em Messias Targino.



Escrito por alcimarantonio às 19h44
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




JUSTIÇA

Poder Judiciário entra em recesso

Teve início hoje (20 de dezembro) e seguirá até o dia 6 de janeiro de 2013 o período de recesso do Poder Judiciário. A Justiça Estadual, a Justiça do Trabalho, a Justiça Federal e a Justiça Eleitoral fecham suas portas para atendimentos normais durante todo o referido período.

Até lá (6 de janeiro de 2013) somente existirão plantões judiciais, em primeiro e em segundo graus.

No âmbito do Poder Judiciário Estadual e da Justiça do Trabalho do Rio Grande do Norte, além do recesso de 20 de dezembro a 6 de janeiro do ano vindouro, há ainda o fato de que os prazos processuais estarão suspensos no período de 7 a 18 de janeiro de 2013, mesmo com o retorno ao funcionamento dos respectivos órgãos de tais esferas do Poder Judiciário após o dia 6 de janeiro.

Assim acontece a requerimento da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Norte (OAB/RN). O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte e o Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região, em acolhimento ao pedido da OAB/RN, editaram resoluções internas, estipulando a mencionada suspensão de prazos, que serve, na prática, para possibilitar um período de "férias" aos advogados.

Para efeito de escalonamento de plantões nas Varas e Comarcas da Capital e do interior do Estado, o Tribunal de Justiça potiguar adota o sistema de criação de regiões administrativo-jurisdicionais.

No caso da Comarca de Patu, que compreende os Municípios de Patu e Messias Targino, ela está inserida numa região que tem ainda as Comarcas de Almino Afonso, Umarizal, Caraúbas, Governador Dix-Sept Rosado, Upanema, Campo Grande e Janduís.

E, nessa região, o primeiro plantão judicial, realizado neste dia 20, coube justamente à Comarca de Patu.

Os plantões judiciais servem apenas para o recebimento de pedidos e feitos judiciais de urgência ou emergência.



Escrito por alcimarantonio às 19h37
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




BR 226

DNIT realiza trabalhos para melhorar rodovia

Na Rodovia BR 226, precisamente no trecho entre as cidades de Messias Targino e Patu, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT realiza trabalho de recuperação e conservação da estrada.

Uma empresa terceirizada, contratada para realizar periodicamente o trabalho de tapagem de buracos e conservação da via, é quem está fazendo o serviço, que deverá ser concluído com brevidade, porque são poucos os pontos da BR 226, no trecho citado, que reclamam reparos.

Em Patu, nas proximidades do entroncamento da BR 226 com a RN 078, o DNIT instalou uma lombada eletrônica, atendendo assim a uma antiga reivindicação da Prefeitura de Patu e de usuários da via.

No referido local, muitos acidentes já aconteceram.

O mesmo problema é comum no acesso à cidade de Messias Targino a partir da BR 226. Houve muitos acidentes no local.

A prefeita messiense Shirley Ferreira Targino e o vereador Genésio Francisco Pinto Neto (Pôla Pinto) já solicitaram ao DNIT a colocação de lombadas no local, para que diminuam os acidentes, mas o Departamento federal até agora se manteve silente quanto aos vários pedidos.

Cercas continuam próximas à pista de rolamento

Quem viaja pela BR 226 pode constatar, principalmente do trecho que vai de Campo Grande a Almino Afonso, passando pelos Municípios de Janduís, Messias Targino e Patu, que muitos proprietários de terras localizadas às margens da rodovia levaram as cercas de seus imóveis rurais para muito próximo da pista de rolamento.

Em alguns casos, a cerca está há menos de dois metros da pista de rolamento, o que se apresenta como um absurdo.

A diminuição da área de recuo, existente entre a pista de rolamento e os imóveis próximos à rodovia, aumenta consideravelmente a possibilidade de acidentes.

Por outro lado, a medida adotada pelos proprietários de imóveis rurais mostra apenas a ambição desmedida dessas pessoas, que invadem uma faixa de terra que não mais lhes pertence para aumentar em poucos metros o tamanho de seus imóveis.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT e a Polícia Rodoviária Federal - PRF, apesar de conhecerem o problema, mantêm-se inertes, sem nada fazerem para o erradicarem.



Escrito por alcimarantonio às 18h01
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




FIM DE ANO

Festas de confraternização mantêm a tradição de fim de ano

Falta de chuvas no sertão semiárido? Crise financeira mundial? Violência assustadora? Não, nada disso tem impedido que os grupos sociais realizem as suas festas de confratraternização de final de ano, mantendo-se assim uma forte tradição. Ainda bem.

Em Patu, no último sábado (15 de dezembro), proprietários, dirigentes e funcionários do Supermercado Queiroz se reuniram, com vários convidados, na sede da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB). Houve sorteio de brindes, jantar e muita música ao som de Alexsandro Bandeira e banda.

Também em Patu, na próxima quinta-feira (20) os policiais lotados na Sétima Delegacia Regional de Polícia Civil e agentes penitenciários, mais alguns convidados, farão festa de fim de ano, sob o comando do delegado de Polícia Civil Sandro Régis, titular da Sétima Delegacia Regional de Polícia Civil (7ª DPRC).

Em Messias Targino, os servidores lotados na sede da Prefeitura farão a sua festa de confraternização no próximo dia 28 (uma sexta-feira), provavelmente na Churrascaria do Aroldo ou no Bar-balneário Mangue Seco.

E, por todos os cantos e lugares, amigos e grupos sociais diversos se reúnem e se confraternizam no final de ano, sem se esquecer das tradicionais festas de Natal realizadas nas famílias.

Eventos como esses servem para manter as pessoas mais próximas umas das outras e estreitar relações de amizade, melhorando os relacionamentos sociais e o convívio entre pessoas diversas. Isso tudo é bom, diante de um mundo conturbado em que se vive.



Escrito por alcimarantonio às 17h30
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Nordeste, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, Catalan, Livros, Música
MSN -
Histórico
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis
  Blog de Evanio Araújo
  Blog de Carlos Santos
  Blog do Campelo, de Bruno Campelo
  Jornal Gazeta do Oeste
  Jornal Correio da Tarde
  Jornal de Fato
  Jornal O Mossoroense
  No Minuto
  Site do Pôla Pinto
  Blog do Marcos Dantas
  Blog de Raimundo Nonato de Almeida
  Jornal Diário de Natal
  Blog da Folha Patuense
   Blog da Prefeitura de Messias Targino
  Blog Sertão Caboclo
  Blog de Silvana Elizabete
  Mascena Cordeiro
  Blog da Câmara Municipal de Messias Targino
  Márlio Forte
  Patu News
  Blog do jornalista Pedro Carlos
  Blog do F. Gomes
  Pátria Latina
  Tio Colorau, por Erasmo Firmino
  Blog Helito News
  Blog do Gutemberg Moura
  Blog do Vereador Juscelino
  Paróquia de Nossa Senhora das Dores - Patu
  RN Notícias
  Bastidores da Política, por Henrique Aurélio
  Blog do Wallace
  Herbert Mota
  Blog Olhar Messiense
  Grande Ceará Mirim
  Domínio Público - Biblioteca Digital
  Blog de Erivan Morais
  Patu no Esporte
  Luta e Liberdade - Lucélia Ribeiro
  Santuário Nossa Senhora dos Impossíveis - Patu
  Oeste em Pauta
  Conversa Afiada - Paulo Henrique Amorim
  Thurbay Rodrigues
  Professor João Filho
  Vi o Mundo - Luiz Carlos Azenha
  Mundo da Bola, por Ivo Neto
  Carta Capital
  Conselho Tutelar de Janduís
  Julierme Torres
  Blog Última Notícia - Rui Nascimento
  Blog do Aldo Araújo
  Patu 24 Horas
  Blog do Ailton
  Olhar Crítico, de Patu
  Terra
  Givva.com.br
  Messias Online
  Patu Cidade Turística
  Coluna Patu
  Blog Tiago Gomes
  Rádio Juventude FM (87,9)
  Vereador Anderson
Votação
  Dê uma nota para meu blog